Como Dar o Banho do Bebê Recém Nascido no Chuveiro

Como dar o banho do bebê recém nascido no chuveiro

Banho de chuveiro em recém nascido pode? Não só pode como deve! 🙂

Eu explico no vídeo a seguir que está no meu canal do YouTube por que pode e deve, além de mostrar a técnica correta para dar esse delicioso banho de chuveiro em seu bebê com toda segurança.

Você pensa que o banho no recém nascido só pode ser de banheira?

Não, o ideal não é de banheiro, é de chuveiro.

Mas desde que ele nasce? Sim. Chegando em casa da maternidade, já pode dar banho de chuveiro.

Eu garanto que depois que você der um banho de chuveiro, você nunca mais vai nem pensar em querer dar banho de banheira.

E quem deve dar o banho? É o papai.

É o papai porque se a mãe for dar banho de chuveiro, o bebê vai querer mamar (ele vai sentir o cheiro de leite da mãe).

Além disso, o banho é um momento especial do pai com o bebê. É um momento em que ele está com o bebê pele-a-pele e esse contato é muito importante para desenvolvimento do vínculo pai e bebê.

A mãe dá de mamar, tem esse contato pele-a-pele com o bebê e o papai dá o banho que, normalmente, é a noite antes de dormir.

Como é que se dá esse banho de chuveiro? Eu explico detalhadamente no vídeo acima como fazer isso. Você vai encontrar estas orientações precisamente entre 01:49 e 03:14.

Como dar o banho do bebê recém nascido no chuveiro

Você logo vai perceber que não dá pra fazer nada com o bebê com fome. Portanto, logo antes do banho, vem a mamada. Você dá de mamar para seu bebê, tira a roupa dele e entrega pro papai que está no chuveiro.

A temperatura da água já deve estar regulada, que é por volta de 37 graus. Como não dá para botar um termômetro no chuveiro, eu confio no seu bom senso. Não é nem muito quente, nem frio. É um quentinho. Na temperatura do corpo.

E não se preocupe com a pele molhada. Ela não escorrega. O que escorrega é pele ensaboada. É por isso que o banho é dado por partes. Veja as minhas instruções no vídeo entre 01:49 e 03:14.

Depois de lavadinho, o papai coloco o bebê no colo. Ele vai agarrar nos pelos do peito do papai e vai dormir.

Nisso, a mamãe que está do lado de fora, vai dizer “me dá aqui, me dá aqui logo, chega, chega, tá bom”…

Porque ela morre de inveja. 😉

Mas é importante que cada um tenha o seu momento de prazer, de contato físico com seu bebê. É o que vai ajudar a criar o vínculo entre o pai e o bebê.

E o ouvido?

E o ouvido? Não tem que proteger o ouvido? Não, não precisa.

Hoje a gente coloca o ouvido do bebê de propósito na água. Se for na banheira, dentro d’água; se for no chuveiro, relaxa, esqueça o ouvido.

O nosso ouvido não é um tubo que vai para o cérebro. É uma espiral tortinha com vários níveis de segurança. A gente é feito para andar na chuva, para mergulhar na água.

Hoje se coloque o bebê pra nadar debaixo d’água a partir de 10 dias de vida em alguns lugares. Não se preocupe com o ouvido. Não tem problema.

A otite, quando acontece, é por dentro e não de fora para dentro. Esqueça o ouvido e seja feliz nesse banho.

Conclusão

O banho de chuveiro é seguro e uma delícia para o papai e o bebê. Mas é para o papai e o bebê, está bem? Esse é momento deles. A mamãe já tem seus momentos.

Portanto, família, aproveitem bastante o banho de chuveiro em seu bebê!

PS: Eu não se você já sabe, mas eu criei um guia focado especialmente em dicas para uma amamentação tranquila e sem dor. Se você tiver interesse em receber este material, é só se inscrever abaixo!

Você quer dicas totalmente grátis para uma amamentação tranquila e sem dor?

Informe seus dados abaixo e receba o meu guia gratuito Dicas de Amamentação, com informações práticas para você ter uma amamentação tranquila e sem dor.